31/05/2019 às 18h17min - Atualizada em 03/06/2019 às 18h01min

26,7% dos inscritos no ENEM têm de 21 a 30 anos

Exame tem o menor número de inscritos na década; queda é de 7% em relação a 2018

DINO
https://cafeinanerd.com.br
Candidatos fazendo o exame do ENEM 2018

Apenas 5.095.308 realizaram a inscrição no ENEM 2019. O número pode parecer bem alto, mas quando comparado com o dos últimos anos, exige análise delicada para entender os motivos que levaram a uma queda de 7% em relação a 2018, por exemplo. Em mais um ano, o número de mulheres manteve-se superior, com 59,5% do total. No entanto, o que chama mais a atenção nos dados divulgados pelo Inep é relativo à faixa etária, já que o grupo mais prevalente tem de 21 a 30 anos.

A taxa de inscrição de 85 reais, grandes ações de bolsa em universidades privadas ou até mesmo falta de interesse. São muitos os possíveis motivos para uma diminuição tão abrupta no número de inscritos no ENEM nas últimas três edições.

Além disso, o percentual de estudantes que confirmaram a inscrição, em relação ao total de inscrições feitas, foi o menor registrado entre 2015 a 2019, com apenas 79,8% dos participantes. Para base de comparação, em 2016, este número foi de 93% - o que aumenta as chances da taxa de inscrição ter grande influência.

Confira abaixo o número de inscritos por ano:

2010 - 4.626.094
2011 - 5.380.857
2012 - 5.791.332
2013 - 7.173.910
2014 - 8.722.910
2015 - 7.792.025
2016 - 8.627.371
2017 - 6.731.186
2018 - 5.513.000
2019 - 5.095.308

Pagantes e isentos

41,5% dos inscritos no ENEM foram sujeitos ao pagamento da taxa de inscrição de 85 reais. O número é maior do que em 2018 (36,1%). Vale ressaltar que aqueles que podem pedir a gratuidade são:

- alunos do último ano do Ensino Médio da rede pública;
- candidatos que tenham cursado todo o ensino médio em escola da rede pública ou bolsistas integrais na rede privada, que provem renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio;
- aqueles que declararem estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por serem membros de família de baixa renda, e que estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).
O "censo" do ENEM 2019

Como já tem sido comum nos últimos anos, as mulheres seguem sendo a maioria com 59,5% dos participantes confirmados, contra 40,5% do sexo masculino. Em relação à faixa etária, o grupo mais prevalente (26,7%) tem de 21 a 30 anos. Neste ano, 17,8% das inscrições confirmadas são de estudantes de 17 anos e 15,9% de alunos com 18 anos.

Pardos representam 46,4%, brancos 36% e pretos 12,7% - todos autodeclarados. O Sudeste é a região com maior percentual de inscritos: 35% dos candidatos confirmados moram na região. O Nordeste tem 34% dos inscritos, seguido do Norte, com 12% das candidaturas. O Sul tem 11% dos confirmados e o Centro-Oeste, 8%. 28,8% são estudantes que concluem o ensino médio em 2019. 58,7% se formaram em anos anteriores e 12,1% são treineiros.

Como os participantes podem usar a nota do ENEM

Conforme o ENEM foi crescendo e a prova se expandindo, a nota começou a ter diversas utilidades. Não somente entrar em uma universidade federal através do SISU, que era o principal objetivo do estudante. Agora, também é possível utilizar a nota para conseguir uma bolsa pelo ProUni ou pelo FIES (Fundo de Financiamento Estudantil) - {LINKAR EM FIES https://cafeinanerd.com.br/credito-educativo/fies/] em uma universidade privada, passar para a segunda fase de um concurso público ou até mesmo conseguir um intercâmbio para universidades de outros países. Até por isso, milhares de alunos prestam a prova, com objetivos diversos, a cada ano que se passa.



Website: https://cafeinanerd.com.br
Notícias Relacionadas »
Comentários »